nós

Ilustração: Adara Sánchez

Ilustração: Adara Sánchez

Quando acordo e penso como seria nos dias corridos, nas manhãs de chuvas e nos dias tediosos, nas manhas cantarolando-qualquer-coisa-que-nos-deixem-felizes-dançando, nos dias de sair pra fotografar as coisas, o mar, as flores, as pessoas, e dos dias que não vão faltar sorrisos das brincadeiras. Assim comigo sempre, no mais simples sentido da palavra. Às vezes é como uma coisa que esta aqui no agora, onipresente. A cada passo ou direção incerta, destino certo ou não. Vive o futuro no presente ou vice-versa. Atendo aos detalhes.  Presente um no outro. Como corpo e alma. Um vício um do outro. Reinventando todo dia o nosso esta/ser um pelo o outro. Um amor mutuo. Ai penso também que a vida baila com a gente, sentir o ritmo e não se perder nele.  Ter essa sutileza e leveza. Porque tudo isso só tem sentido se for nós dois.

Mas se eu te disser que eu quero aprender a
me amar e te amar também ao mesmo tempo?
Você teria tempo?
Léo Cavalcanti
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: