O moço do banco

Foto: A mind forever voyaging

‘Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz…’
Gonzaguinha


Ô moço do banco… O triste moço do banco… Sempre pensava de maneira poética “para trás”… Sempre que olhava as mãos enrugadas… Vendo as crianças da escola passar, sentado no banco, eu ficava imaginando o que ele estava a pensar. A suas mãos enrugadas, do trabalho, do tempo. Será ele um desses que não conheceu a escola? Será um desses que sofreu com o tempo. Que não sabe da felicidade. Ou eu estou me enganando? Pensando na vida? As lembranças dele era alegres? Oras, acredito que ele ao menos teve alegria. Mas suas mãos me faziam pensar que não. Era triste o modo que ele olhava pra suas próprias mãos. Doía.  

Lembrava das pérfidas lembranças… Porque lembra mesmo… Lembrar… Ele não lembrara… Ele inventara… Todas as lembranças… As linhas das mãos…  A lembrança inventando era provável que seja pra ter um futuro bom, como dessas crianças que passam pra escola. Os olhos dele brilhas ao vê-las passar. E olhando pra ele eu vi a esperança, o amor. A felicidade. O desejo de bondade.  Mesmo que triste, eu via tudo isso nele. O mesmo desejo meu nos olhos dele. Ele que deve ter passado por [muitas coisas pra (sobre)viver]. Triste homem sentado no banco da praça da frente do meu trabalho, via pelas janelas de vidros. Sem ao menos saber quem era ele, a alma dele se via de longe, como a transparência dos vidros, o olhar dele pálido me fazia pensar, a cada gesto que ele fazia ao olhar, ao se mexer e ficando parado ali no banco que: – mesmo assim a vida vale a pena.

Elas davam os caminhos a seguir… As crianças vão pras suas escolas, eu no trabalho, elas no outro lado… E ele, o moço do banco não sei pra onde ele vai, mais desejo a ele felicidades, desejo a ele amor, desejo a ele as melhores coisas possíveis.

==

.P.s:. Esse texto estava guardado, encontrei ele excluindo algumas coisas do pc. 🙂
.P.s²:. O vermelho é da ex-professora, Paula Baia. Eu estava comentando no meu twitter sobre um homem que estava sentado no banco na frente de onde eu trabalho e ela mandou umas dm’s, resolvi complementar o que eu sentia vendo o moço no banco.
==

Lenine – É o que me Interessa

Anúncios

48 Respostas to “O moço do banco”

  1. Sentar-se a um banco e viajar nos pensamentos ou simplesmente olhar rumo ao infinito despertando a curiosidade de saber o tamanho do caminho que ainda temos a percorrer …Em alguns momentos de minha vida também me deparei como uma 'moça do banco' …Parabéns meu amor ,o texto é muito reflexivo

    Bjo

  2. Nossa, que texto heim?
    Tão profundo, tão sensível.
    Acho que a Carla disse tudo, “o texto é muito reflexivo”.
    Parabéns e um Viva a sua sensibilidade!

  3. Cada olhar uma interpretação, em cada mente um pensamento, em cada coração um sonho…nas suas mãos as marcas da sua vivência e a dúvida do futuro que estar por vir… Precisamos viver um dia de cada vez com um noite no meio, tudo em seu tempo, tudo com seu jeito. Tolerância não é amigo Chico? A palavra mestre…tolerância!!

    beijos em teu coração!!

    Thatiana Vaz

    http://petalasdesentimentos.blogspot.com/

  4. A compreensão do outro é a palavra certa, penso eu. Deveríamos saber que cada um de nós tem uma experiência de vida diferente e uma visão distinta dos demais. Compreensão é o que o mundo precisa. Gostei da sua divagação. Um abraço, Yayá.

  5. Você traduziu a imagem em palavras, com sentimento. Parou para olhar e viu. Muitos passam e só enxergam o que querem ver.

    Bjs.

    Obrigada pela visita. Sempre me fazem feliz.

  6. “Sem ao menos saber quem era ele, a alma dele se via de longe”

    olhar bonito esse, de quem além… raro.

  7. Muito lindo seu texto, hiper coerente a interpretação da imagem do post, apimentada com bastante criatividade!
    Bjkas e um ótima semana!

  8. Que belo este texto!
    Tão sensível.
    Quantas pessoas passam em nosso cotidiano desta maneira e não temos a sensibilidade de enxerga-las.
    Belo olhar o seu ao escrever este texto.

    beeijo*

  9. É incrível que ao vermos uma cena.. o quanto podemos imaginar de tal situação..

    Beijoquinhas super em teu coração Chico e obrigada por tua visita.. volte sempre que desejar que as portas sempre estarão abertas para ti!

    Verinha

  10. São tantas coisas que vem a nossa cabeça ao nos deparamos com uma situação, uma pessoa ou momento. Tentamos criar respostas pra o que está havendo…
    Lindo texto. É o blog é demais (:

  11. Olá, Chico!

    Bem legal seu espaço. Gostei.
    Imagens e palavras, e um olhar além.
    Bj e boa semana

  12. Lembranças de um passado já vivido ainda tão vivo e transparente é revivido ao ver aquele homem sentado no banco…
    Vim retribuir sua visita e conhecer seu espaço,amei seu texto,estou seguindo seu blog,muito obrigada pelo comentário deixado no meu post,beijo,selma

  13. Cada ser humano diante de nós é um mundo de possiilidades interessantes.
    Desejo-lhes felicidades tambem.
    Bem vindo ao meu blog!
    Carla

  14. Boa noite Príncipe!Obrigada por apresentar-me seu lindo Blog.
    Nossas loucuras são as mais sensatas emoções. Tudo o que fazemos deixamos de lembranças para os que sonham um dia ser.
    É impossível avaliar a força que possuímos sem medir o tamanho do obstáculo que ela pode vencer,nem de cada ação nossa sem sabermos o sacrifício que ela comporta.
    Vidas são incógnitas, assim como o moço do banco.
    Parabéns pelo lindo texto.
    BeiJanes em vossos belo coração.
    Jane Di Lello.

  15. Boa noite Príncipe!Obrigada por apresentar-me seu lindo Blog.
    Nossas loucuras são as mais sensatas emoções. Tudo o que fazemos deixamos de lembranças para os que sonham um dia ser.
    É impossível avaliar a força que possuímos sem medir o tamanho do obstáculo que ela pode vencer,nem de cada ação nossa sem sabermos o sacrifício que ela comporta.
    Vidas são incógnitas, assim como o moço do banco.
    Parabéns pelo lindo texto.
    BeiJanes em vosso belo coração.
    Jane Di Lello.

  16. Oi…eu sou sua seguidora há muito tempo…número 96…rsrs…bom reencontrar vc…lindo texto…bela foto…tudo novo…adorei!

    meu carinho!

    Zil

  17. Oi…coloquei meu twitter na barra lateral…nunca tinha feito isso…sou meio desligada…rs

    bjo!

    Zil

  18. Gostei muito do seu blog, parabéns

  19. Oiii..
    Amei a sensibilidade dedidalhada em cada palavra.

    Bjos no coração e tudo de bom.

  20. olá meu querido, amei sua visita, por favor, volte sempre, bom feriado bju terê.

  21. Olá,
    Muita sensibilidade. Somente para quem tem olhos de ver.
    Obrigada pela visita. Já sigo aqui.
    Volte sempre
    Abraço.

  22. todos os bancos, contam historias.
    obrigada pela visita.
    beij

  23. Chico, saudadeeeee daqui meu amigo!

    E quantas vezes vemos as pessoas sentadas no banco, muitas vezes precisando de ajuda?
    E quantas vezes, a gente mesmo não se senta num banco, pra pensar sobre a vida…

    Lindo texto!

    Um abração!

  24. Chico, gostei muito do seu texto e do seu olhar com as coisas!

    Estou seguindo, mas não é porque me seguiu, mas porque gostei daqui!!!
    bjs 😉

  25. Confesso que não posso comentar outra coisa a não ser que o teu texto ficou realmente lindo. Parabéns pelas palavras. E pelo blog.

    Abraço. http://www.disturbiossobrios.com

  26. Dai o desejo conduz. =*

  27. O moço do banco talvez pense olhando as crianças em como seria bom ser criança de novo agora que é velho… e eu que nem sou velha ainda, ás vezes, quando a vida me desafia demais, ou quando a dor me visita, me pego também olhando as crianças e pensando em como seria bom ser uma delas de novo… ficou muito bonito o texto… beijos para vc e um ótimo final de semana, até.

  28. O teu nome, ou o nome do blog, que seja, foi de um grande amor que tive, quando vi pensei fosse ele e até gelei hehehe

    Bom fim de semana!!!

    Que orgulho estar ali do ladinho na sua lista de blogs, thanx!

  29. Olá, hoje estou passando para trazer um carinho a mais, indiquei seu blog para receber o selo POTTERY FRIEND que ganhei da amiga Paula do blog Poemas, Poesias e Pensamentos. Se quiser pode pegá-lo no meu blog, na página selos e carinhos. Parabéns!
    Beijos no coração!

    Thatiana Vaz

  30. Oi,Chico!Td bem?Passei aqui pra conhecer meu seguidor de nº400.Adoro Gonzaguinha essa música sempre que eu ouço me deixa mais feliz.
    Beijosss

  31. Não é para qualquer pessoa transmitir uma imagem singela em um lindo texto…parabéns!!

    Beijosss

  32. Jamais desista de si mesmo.
    Jamais desista das pessoas que você ama.
    Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um obstáculo imperdível,
    ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário. Acredite sempre em você,pois todos nós somos capazes,temos uma força dentro de nós que as vezes nem sabemos é só procurarmos,nunca desista dos teus sonhos ei você tem um gigantesco potência acredite sempre em você, Deixo a ti esta mensagem de coração você é muito especial para mim e pro meu cantinho! bjos tenha uma linda sexta feira!

  33. Nesta vida conheci muitos amigos,mas esse blog realmente é um Sonho De Deus. Pois tem me dado amigos especiais. Amigo não é uma definição escrita ou falada,mas é o carinho o mimo de cada um sem dar,pedir nada. Obrigado pelos mimos,agradeço pelo carinho com o Sonhos De Deus. Gostaria muito de ti ver no feita poesia que é um pouco de mim se gostar me segue e comenta vou ficar muito feliz e vai me dar muito animo esta dificil não conseguir interagir com quem aprendi a amar a cada dia o feita poesia vai me colocar perto de vc …Uma linda semana !!! http://soueufeitapoesia.blogspot.com/

  34. o moço do banco fica assistindo os caminhos passarem à sua frente…

    lindo.

    chico, amei o blog.
    seja bem vindo ao benditas.

    fico por aqui.
    bjsmeus

  35. Lindo seu blog, Chico…
    E seu texto… Bárbáro!
    Ainda bem que ñ o colocou fora em sua “faxina” no pc!
    Sigo-te.

    Parabéns,

    Tânia Camargo

  36. Chico…
    Obrigada pela visita, por suas belas palavras… Acho que estamos vivendo a mesma época!Rsrsrs…
    Valeu a dica, ainda estou aprendendo alidar com essa “blogosfera”!Rsrsrs….. Vou mudar já!
    Sempre que quiseres visitar, comentar ou indicar-me melhores formas de utilizar as ferramentas fique à vontade! Estás me dando uma ajuda incrível!

    Bjssssss

    Tânia

  37. gracias por tu visita a mi mundo de
    sueños…

    un beso de Cora

  38. Não importa o que é o mundo…
    O importante são seus sonhos!
    Não importa o que você é…
    O importante é o que você quer ser.
    Não importa aonde você está…
    Importa para aonde você quer ir.
    Não importa o porquê…
    O que importa é o querer.
    Não importa suas mágoas…
    O que importa são suas alegrias.
    Não importa o que já passou.. O passado?
    Guarde na sua lembrança.
    Nunca pense em julgar.
    Não veja, apenas olhe.
    Não escute, apenas ouça.
    Não toque, apenas sinta.
    Acredite naquilo que você quiser.
    E não adianta você sonhar…
    Se você não lutar.
    O mundo é um espelho.
    Não seja só o seu reflexo.
    Só acreditando em um futuro.
    Você conseguirá a Paz..
    Para alcançar seus sonhos.
    Afinal o que importa?
    VOCÊ importa!
    Acredite em VOCÊ!
    Eu acredito…
    Tenha uma linda noite, e uma exelente Quarta-feira bjos de uma amiga 🙂

  39. Obrigada pelo comentário no meu blog!!
    Você escreve muuito bem!!
    Adorei aqui
    Seguindo
    Bjo

  40. Anônimo Says:

    Nossa!!!Que texto lindo Chico, sempre me impressiono com as coisas que vc escreve e principalmente com a maneira que vc transmite nestas coisas seus sentimentos.Texto perfeito do ínicio ao fim…as nossas marcas trazem consigo a nossa história e se permitirmos pessoas sensíveis assim como vc conseguem enxergar além da nossa carne.
    Tb achei super interessante o querer o bem aquele moço, sempre que esbarrarmos nas pessoas mesmo que de passagem devemos lançar sobre elas nossas boas energias…e uma forma de fazer isto é desejando coisas boas a elas, embora muitas vezes não percebamos temos o poder da influência através de nossos pensamentos!!Bjooo grande!!!
    Ed….

  41. Oi Chico,

    que bom você percebe que está se abrindo mais para ver as relacoes e o mundo em si, por outro ângulo, e até ter se identificado com o post.

    Beijo com carinho

  42. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Cantinho da Júún. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui…rs

    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

  43. Olá, Amigo Chico! Desculpe pois estou um pouco em atraso com vc! Olha esse moço do banco da praça esta em todos os lugares e com certeza em todo mundo. Ontem mesmo deparei com essa mesma imagem e fiquei também a pensar o porque de tanta solidão! Tenho como vc todo o respeito e amor por esse nosso irmão.. grande abraço e tenha uma linda tarde de domingo!Vc será sempre benvindo ao meu blog…

  44. Kd vc Chico? Não postou mais…Tudo bem?

    Hoje começou a final do Pena de Ouro, preciso da sua ajuda nessa etapa…=)

    Para votar em mim, se eu merecer, é só ir neste link: http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com
    nos cometários e votar em “Época boa” de Paula Moraes….Obrigada pelos votos e pelo carinho, desde já agradeço a cada um…=)
    A votação se encerra a meia noite do dia 15/07 – Sexta feira.

    Boa semana!

    Bjs no coração.

  45. Não amigo, vc baixa a página toda, aí vai ter uma mãozinha e escrito 1 comentário, aí vc clica lá como se fosse comentar e coloca Época boa-Paula Moraes. Assim…Espero que consiga. Obrigada. Bjs

  46. Coisas do Chico são coisas que emocionam, estou a te seguir.Olá sou a Lindalva da Ilha e administradora do Ostra da Poesia e teu voto foi computado com sucesso no Pena de Ouro. beijos

  47. Beleza de blog! Tudo que vc escreve tem grande intensidade!

    Um abraço

    Maria J Fortuna

    http://arteseartesmjfortuna.blogspot.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: