Ela deixou que a mão dele descesse até abaixo da cintura dela. E numa batida mais forte da percussão, num rodopio, girando juntos, ela pediu:

— Deixa eu cuidar de você.
Ele disse:
— Deixo.

Caio Fernando Abreu 

Assim ela cuidou do coração, dos sentimentos, do amor dos dois… É bom quando se acreditam no amor da gente, embora que seja no começo. No começo de um primeiro amor. Acredito que evita se torna algo canastrão mais na frente, algo que vá ser um desses  ‘vagabundo do amor’ que amar todas que encontra pela frente mas não ama ninguém e que fala ama somente pelo sexo.

Titãs – Porque Eu Sei Que É Amor

Anúncios

12 Respostas to “…”

  1. Ainda bem que existem moços que pensam assim…O mundo não está perdido..rs Sensibilidade e afeto e corpo tudo junto, disso é feito um amor que vale a pena..

  2. E cuidar é algo sublime.

  3. Amor verdadeiro eh dificil de encontrar…

    Sortudos os que os encontram e vitoriosos os que não desacreditam e não se cansam de procurar

  4. Olá Chico!!!Hoje em dia é muito difícil encontrar homens que vejam o amor da forma que você vê, e que é a correta com certeza!!!Vou contar um pouquinho da minha história pra vc aqui.Eu tive um relacionamento de 10 anos com o pai do meu filho, aí então descobri que meu castelo era de areia, ele chegou a me trair até mesmo com uma vizinha, eu sem saber de nada fui até mesmo apresentada por ele à uma de suas amantes, como sempre acontece fui a última a saber de tudo, e ao saber me separei…fiquei 6 meses sozinha e só dei uma chance tão rápido (hoje agradeço a Deus por ter me dado esta oportunidade) ao Fábio meu marido porque ele não me tratou como uma mulher qualquer, mesmo sabendo que eu tinha sido casada por 10 anos e tinha um filho ele deixou tudo acontecer naturalmente, como se fossemos dois adolescentes, descobrindo a amor pela primeira vez….e pode acreditar faz quase 5 anos que estamos juntos e toda vez que o vejo entrando pela porta é como se o visse pela primeira vez, até hoje sinto esta mesma emoção, e isto é porque sinto que ele vê o amor como algo sublime e não o relaciona somente ao sexo…sexo sim, mas somente com amor verdadeiro…e isto basta!!!

  5. Chico, vc é único!! Se todos “cuidassem” assim do seu amor, seria uma maravilha. Qdo meu namorado “crescer”, quero q ele seja igualzinho à vc!! rsrsrsrsrs.
    Super beijo.

  6. Nada melhor do que ser bem, e muito bem cuidado. rsrsrrs
    Bjinhus =*

  7. Amor.. cada um tem uam definição..pra ser feliz só encontrando alguém que defina de maneira igual!

    Venho agradecer seu carinho no blog Não Quero Falar disso,e informar que ele agora mudou de endereço,se você possui ele linkado é necessário atualizar para: http://www.marginaliasubversivas.blogspot.com

    Bjos

  8. Eu não quero mais saber desse tipo de amor vagabundo. Quero poder cuidar de alguém que também cuide de mim. Fiquei feliz em ter voltado atualizar o seu blog. Beijinhos.

  9. Caio F. é certeiro né?
    e tua visão? ah. ajuda a ficar mais bonito ainda oq está diante dos meus olhos.

    – estava um pouco sem tempo, havia apertado de fato. mas agora estou de férias, viajando, postando…:)
    mas de qualquer forma, a partir de agora, sempre atualizarei esse meu blog ' largado' rs

    Um beijo, Chico!

  10. Valeu pelos comentários.

    🙂

  11. Caio Fernando Abreu me faz arrepiar, de verdade. É sublime.
    Adorei a sua continuação, perfeito.

  12. Por amor não se pede nada em troca, ama-se por amar, sem motivo, explicação ou coisa outra qualquer.

    “Amor é isso… Quando não lhe cabe palavras, ou quando lhe cabe todas elas.”

    Bjs
    Att

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: